Setup Menus in Admin Panel

7 maneiras de educar seus filhos sem machismo

Não é um tema de moda, não é uma ideia de mulheres “revoltadas” ou de ir contra os homens, não! O machismo é um mal que vem agredindo nossas famílias e sociedades há gerações. É a origem da dor e do sofrimento não só de mulheres, mas de famílias inteiras.

Hoje em dia, somos muito afortunados em poder falar do tema e de que muitas estruturas e instituições sociais o reconheçam, o atendam e, sobretudo, que ajudem suas vítimas. Mas ainda há muito caminho a percorrer para conseguir erradicá-lo de nossas comunidades, pois embora você não acredite, continua prevalecendo, difundido e perpetuado no seio de muitos lares.

Este problema social será erradicado quando as famílias se transformarem e começarem a educar seus filhos de maneiras diferentes e mais abertas à equidade e justiça.

Quando se fala de machismo, pelo menos neste artigo, há que deixar claro alguns pontos:

Não é uma luta contra os homens.

Não é um incitamento à violência.

Trata-se de trabalhar juntos homens e mulheres.

E de mudar padrões de comportamento que têm sido nocivos, violentos e que fazem mal a homens, mulheres e crianças por igual.

Acredito firmemente que a educação é o grande caminho para fazer mudanças dramáticas no seio familiar. Eu vou compartilhar com você 7 ações que se pode realizar em casa assim que terminar de ler este artigo. Vem comigo.

Eduque seus filhos para sobreviverem neste mundo

Vivemos dias complexos, sem dúvida, basta ligar nas notícias e dar-nos conta dos tremendos desafios que nossos filhos enfrentarão em breve. Doenças, mudança climática, problemas econômicos e muito mais. E, saiba que não podem fazê-lo sozinhos, é necessário que desenvolvam muitas habilidades pessoais e sociais, saber trabalhar em equipe com pessoas de qualquer parte do mundo, homens e mulheres com crenças, pensamentos, ideias, culturas e preferências seguramente diferentes das deles.

Por isso, há que começar em casa a dialogar para resolver os problemas, a ser respeitosos com as maneiras de pensar de cada membro da família e, sobretudo, reconhecer o valor de cada pessoa e a sua contribuição para as nossas vidas. Homens e mulheres são necessários para enfrentar a vida.

Homens e mulheres independentes e autossuficientes

Durante muitas gerações, as meninas foram educadas para se dedicarem apenas às tarefas domésticas e à educação dos filhos, enquanto os meninos seriam provedores e figuras de autoridade em todos os momentos; mas os tempos mudaram e requer maior preparação para enfrentá-los.

Meninos e meninas devem ir à escola, ser educados, aprender a trabalhar, gerir o seu dinheiro e, acima de tudo, colaborar juntos em casa, formar famílias saudáveis, e criar os filhos juntos.

Ainda muitas mulheres toleram o abuso e a violência porque não podem sustentar-se a si mesmas e seus filhos; outras tantas trabalham e, chegando em casa, são as únicas que colaboram com o trabalho doméstico enquanto os homens não ajudam.

Isso pode mudar para melhor, está em nossas mãos.

Mãe, deixe seu marido ser pai

Uma coisa que dói quando é mencionado, é que o machismo, em muitos casos, é fomentado e perpetuado pelas mulheres.

mãe é a que educa um menino, é ela quem começa a fazer as diferenciações entre eles, dizendo às meninas que limpem o que seus irmãos meninos sujam, ou que as meninas não vão à escola e os homens sejam mais livres.

Uma forma mais sutil de conservar essas ideias nos matrimônios e famílias jovens, passa quando a mãe não permite que o pai assuma seu papel cuidando e criando seus filhos.

Há mães que simplesmente põem de lado o pai e assumem toda a educação do filho. Se ele não sabe fazer isso, ensine-o; se ele não gostar, ajude-o a entender que é a sua grande oportunidade de aproveitar a infância do pequeno. Mas nunca o limite a ser apenas um provedor.

Pai, você é muito importante! Tome o seu papel na família, ninguém pode fazer melhor do que você

Uma mãe pode criar filhos sozinha tornando-se uma grande mulher, mas, por mais esforço que faça, jamais pode ser pai; não há nada que possa tomar o lugar do pai na formação de uma mente infantil. As crianças necessitam de ambos para lhes darem uma formação psicológica saudável. Precisamos de pais de família. Eles também são indispensáveis na educação, as crianças precisam de um pai que lhes ensine o que é certo e como ser um bom ser humano.

Quebremos estereótipos e eduquemos para trabalhar e conviver juntos

Isso significa que seus filhos não tenham distinção em brinquedos, atribuições e responsabilidades dentro do lar, busque fazer com que as meninas aprendam a trocar o botijão de gás, trocar pneu, lavar o carro, trocar lâmpadas ou qualquer outro reparo; e por outro lado, coloque os homens de casa para limpar, cuidar dos menores, lavar ou passar suas roupas. Se fizer uma lista de atribuições, poderá certificar-se de que todos passem pelas tarefas da casa e aprendam a se virar sozinhos.

Tudo funciona muito melhor quando pai e mãe são o exemplo disto.

Paremos de falar, vamos dar o exemplo!

Tratar-nos com amabilidade e reconhecer as capacidades de todos é um exercício diário em casa, o mesmo acontece em relação a evitar as provocações, as piadas misóginas e qualquer tratamento grosseiro e inapropriado para com qualquer pessoa.

Os filhos aprendem mais com o que veem do que com o que ouvem.

E, por favor, com violência não!

Muitos homens também foram educados para esconder suas emoções, mostrar-se fortes e manter a disciplina no lar embora isso também lhes prejudicasse.

Antigamente, muitos bons pais voltavam para casa esperando descansar e desfrutar sua família, mas a mãe os obrigava a castigar (bater) nos filhos “porque eles não a obedeciam”, muitos erros perpetuados entre nossas maneiras de educação.

A violência se normalizou entre nós e a aceitamos e a defendemos como meio de educação e formação saudável  Por favor, erradique a violência de qualquer tipo em sua casa, ninguém, nem os animais a merecem, muito menos as crianças.

Trabalhemos juntos, todos merecemos um mundo mais amável e justo.

Traduzido e adaptado por Stael Pedrosa do original 7 formas de educar a tus hijos sin machismo

The post 7 maneiras de educar seus filhos sem machismo appeared first on Familia.

Print Friendly, PDF & Email

0 responses on "7 maneiras de educar seus filhos sem machismo"

Deixe uma resposta

Instituto Gamaliel © ITG . All rights reserved.

Setup Menus in Admin Panel

Pular para a barra de ferramentas