Setup Menus in Admin Panel

Após apologia à maconha, Ludmilla é filmada cantando músicas gospel e sofre críticas

A funkeira Ludmilla, que esteve no centro de uma polêmica recentemente por conta da apologia ao uso da maconha e ao tráfico de drogas com a música Verdinha, foi filmada cantando uma música gospel.

Reuniões em célula na casa de famosos se tornaram recorrentes e uma espécie de manifesto contra a pregação evangélica de busca constante pelo aperfeiçoamento em Cristo. Bruna Marquezine, uma das que mais realiza os “cultos em célula”, frequentemente recebe a amiga Priscilla Alcantara e já declarou que Ludmilla teria “unção” ao cantar.

A artista, homossexual, vive com uma das dançarinas de sua equipe e teria firmado união civil. O vídeo da célula vazou após a polêmica da música Verdinha, em que a cantora faz apologia ao uso da maconha e ao tráfico de drogas.

Ludmilla aparece cantando Minha Oração, de Eli Soares, e também Girassol, gravada em um dueto de Priscilla Alcantara e Whindersson Nunes, que também participou do “culto em célula” na casa da funkeira, no Rio de Janeiro.

No Instagram, internautas comentaram o vídeo da reunião na casa de Ludmilla: “Faz música de maconha depois vão cantar música de Jesus o mundo tá acabando mesmo”, escreveu uma usuária da rede social.

Outra internauta foi além e questionou o tipo de fé que é praticada nessas reuniões em célula que famosos costumam organizar: “Primeiro de tudo, não apenas nas igrejas em células, mas também na maioria das igrejas de hoje, você ouve alguém que faz parte dessas células ou igrejas se arrependendo?”, questionou.

“Você consegue ver em algum lugar um culto ou reunião de células, onde alguém sai de lá arrependido, reconhecendo que se Jesus morreu por mim na cruz, eu merecia estar morto, e me arrependo de tudo e me crucifico, morro para este mundo, para ter uma vida ressurreta em Cristo? Ou eles estão sempre felizes, falando que o culto ou a reunião foi ‘muito legal’ ou muito ‘divertida’?”, continuou.

A crítica foi além: “Estão sempre falando ‘Aleluia’ repetidamente e agradecendo por tudo que Deus tem feito na vida deles. Tudo sempre tem muita música e muito entretenimento. E sabem por que? Porque assim é fácil segurar as pessoas, se fossem pregar arrependimento e a verdadeira mensagem do Evangelho, seria um pouco ‘chato’ e muitos deixariam de frequentar e com isso a ‘igreja’ não cresceria. Não se pode beber do cálice do Senhor e do cálice dos demônios; não se pode participar da mesa do Senhor e da mesa dos demônios… ‘Todas as coisas são lícitas mas nem todas convêm; todas são lícitas, mas nem todas edificam’ (1 Corintios 10:21,23)”, concluiu.

Internauta tece duras críticas ao Evangelho praticado nos “cultos em célula”
Print Friendly, PDF & Email

0 responses on "Após apologia à maconha, Ludmilla é filmada cantando músicas gospel e sofre críticas"

Deixe uma resposta

Instituto Gamaliel © ITG . All rights reserved.

Setup Menus in Admin Panel

Pular para a barra de ferramentas