Intermédica tenta surfar demanda pelo IPO da Rede D’Or

by @prflavionunes

A Bain Capital anunciou que vai vender 40 milhões de ações da Notre Dame Intermédica (cerca de R$ 2,8 bilhões a preços de sexta-feira) — uma oferta cujo timing chama atenção por vir em meio ao IPO da Rede D’Or.

A Bain detém 122,8 milhões de ações, ou 20% da companhia. Se o lote adicional for colocado, a oferta pode ir a R$ 3,8 bilhões, e a Bain estará vendendo 40% de sua posição na Intermédica.

A transação, uma oferta restrita sob a regra 476 da CVM, vai ser precificada já nesta terça-feira.

Exatamente uma semana depois, a Rede D’Or precifica seu IPO, que deve levantar R$ 8,2 bilhões no meio da faixa de preço.

“Os caras viram que o mercado estava quente e a demanda pra D’Or tá forte, daí aproveitaram pra vir antes e tentar enxugar um pouco da demanda,” diz um investidor. “Mas deve ter demanda para os dois.”

A ação da Intermédica fechou sexta-feira a R$ 69,50, dando à companhia um valor de mercado de R$ 42,8 bilhões na B3.

Os coordenadores são Itaú BBA, Morgan Stanley, Bradesco, Citigroup, XP e Santander.

Este é o quarto follow-on que dá saída para a Bain no que foi um dos investimentos mais bem sucedidos da história do private equity no Brasil.

Anteriormente, a Bain vendeu 20% do capital a R$ 26 em dezembro de 2018, mais 10% em junho de 2019 a R$ 39,50 e outro lote a R$ 57 em novembro de 2019.

Fonte: Brazil Journal

Pr. Flávio Nunes

Postagens Relacionadas

Deixe uma resposta