Morre Diego Maradona após parada cardiorrespiratória aos 60 anos

by @prflavionunes

Maradona morreu em casa em Tigre, cidade vizinha de Buenos Aires, na Argentina

Maradona – Foto: Reprodução

Um dos maiores jogadores de futebol da história e um dos maiores ídolos da história da Argentina morreu nesta quarta-feira (25). Diego Armando Maradona, ou somente Maradona, veio a óbito nesta quarta, após sofrer uma parada cardiorrespiratória. Ele tinha 60 anos.

Segundo informações do jornal Clarín, Maradona morreu em casa em Tigre, cidade vizinha de Buenos Aires, na Argentina. A informações da morte do ex-jogador também foi confirmada pelo pelo biógrafo do jogador. O advogado do jogador, Matías Morla, também confirmou a perda do amigo e cliente.

Maradona já estava com a saúde comprometida desde o início do mês, quando ele foi operado de um hematoma subdural e depois, por decisão familiar e médica, permaneceu hospitalizado devido a uma “baixa anímica, anemia e desidratação” e um quadro de abstinência devido ao vício em álcool. Ele ficou internado por dez dias.

Segundo a imprensa argentina, Maradona passou mal pela manhã e que seis ambulâncias foram chamadas para atender o ex-jogador, mas os médicos não conseguiram salvá-lo a tempo.

Maradona em Copas

Maradona estreou pela seleção da Argentina em 1977 com apenas 16 anos. E mesmo já sendo um craque, acabou não sendo convocado para a Copa de 78, em casa, que registrou o primeiro título argentino.

O sucesso no Mundial veio oito anos depois, em uma atuação antológica na Copa do México, em 1986. Nesse mundial fez 5 gols, todos diferenciados. Num deles, conhecido como “a mão de Deus”, utilizou a malícia para enganar o árbitro tunisiano Ali Bennaceur, dando um leve soco na bola ao disputar pelo alto com o goleiro Peter Shilton, nas quartas contra a Inglaterra. Maradona levou a Argentina ao bicampeonato. Ele chegou a ser comparado a Pelé, pela tamanha a grandiosidade performance.

Maradona ainda teve uma outra chance de ser campeão do mundo. Em 1990, após eliminar o Brasil, ele levou a Argentina à final contra a Alemanha, mas acabou sendo derrotado. O craque ainda fez a sua despedida dos gramados de Copa em 1994, mas foi de uma maneira melancólica. No Mundial dos Estados Unidos Maradona foi flagrado no exame antidoping.

Luta contra as drogas

Maradona conviveu com um problema com as drogas durante toda a sua vida. Em sua autobiografia, Maradona revelou que começou a usar drogas após a sua chegada ao Barcelona, no começo dos anos 80.

Em 1991, quando jogava pelo Napoli, foi suspenso após ser flagrado no exame antidoping pelo uso de cocaína. Na Copa de 1994, a substância proibida encontrada em seu exame foi a efedrina, que além de ser usada em remédios para emagrecer, é um estimulante.

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.

LEIA TAMBÉM

Fonte: https://gospelminas.com/

Postagens Relacionadas

Deixe uma resposta