Setup Menus in Admin Panel

Na Croácia, ministros doam os salários para ajudar o país

“Solidariedade e responsabilidade, a fim de superar a combinação de duas crises, o coronavírus e o terremoto de Zagreb”, explicou Andrej Plenkovic, primeiro-ministro croata. Confira!

Membros do governo da Croácia doarão seus salários do mês de março. Isso, para aliviar as consequências do terremoto ocorrido no último domingo que deixou um morto e 26 feridos e graves danos na capital Zagreb.

“Esta é uma oportunidade para todos nós demonstrarmos unidade, solidariedade e responsabilidade, a fim de superar a combinação de duas crises, o coronavírus e o terremoto de Zagreb”, explicou nesta terça-feira o primeiro-ministro croata, Andrej Plenkovic.  Os 21 ministros têm um salário básico de 2,7 mil euros por mês.

Plenkovic apresentou hoje um pacote de medidas, avaliado em 4 bilhões de euros, para aliviar os efeitos econômicos das medidas tomadas para conter a propagação da Covid-19, que já infectou 382 pessoas e causou uma morte na Croácia.

A Eslovênia também anunciou medidas semelhantes para apoiar a economia e manter o emprego, no valor de 2 bilhões de euros.

O governo decretou a redução dos salários dos funcionários públicos em 30%, menos para os que trabalham em setores críticos relacionados à epidemia, como a saúde, e que terão seus salários aumentados em até 200%.

Na Eslovênia, já existem 480 positivos e quatro mortes pelo novo coronavírus.

*Da Redação, com informações de Uol.

Print Friendly, PDF & Email

0 responses on "Na Croácia, ministros doam os salários para ajudar o país"

Deixe uma resposta

Instituto Gamaliel © ITG . All rights reserved.

Setup Menus in Admin Panel

Pular para a barra de ferramentas