Presidente Bolsonaro rebate ataques sobre Amazônia, faz apelo a todo o Brasil e ministro denuncia governos anteriores

by @prflavionunes

Em sua live semanal, o presidente Jair Bolsonaro recebeu o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque. Bolsonaro pediu a cada um que explicasse questões relativas a suas pastas.

O ministro Ricardo Salles explicou que o Brasil combate o desmatamento e coopera com os países que reconhecem a soberania nacional. Salles lembrou que o Brasil é o país que mais preserva o meio ambiente e apontou que os que criticam o país precisariam contribuir com recursos compatíveis com a magnitude do problema. Salles disse: “Só crítica de graça, não adianta. Tem que vir recurso também”. O ministro também explicou que diversos problemas da região amazônica foram causados por políticas de governos anteriores, que deixaram para trás a população local.

Relacionado: Destemido, General Mourão responde sobre riscos ao Brasil e à Amazônia com Joe Biden na Presidência dos EUA

O ministro Bento Albuquerque falou sobre seu otimismo quanto à privatização da Eletrobras, que pode ocorrer no próximo ano, além de explicar como o governo resolveu o problema do apagão ocorrido no Amapá, muito embora a responsabilidade não fosse do governo federal. O ministro explicou que já há um planejamento para que eventos como esse não se repitam.

Leia também: Roger, da banda Ultraje a Rigor, aparece no time de “favoráveis” em relatório de influenciadores do governo Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro fez um apelo aos brasileiros para que economizem energia, pois, em função da seca, os reservatórios de água estão muito baixos. O presidente pediu a cooperação para evitar um possível racionamento.

Leia mais: Polícia Civil conclui que imagem de Bolsonaro decapitado trata-se de prática de incitação ao crime

Veja o vídeo:

Pr. Flávio Nunes

Postagens Relacionadas

Deixe uma resposta