Setup Menus in Admin Panel

  • LOGIN
  • Nenhum produto no carrinho.

Quer um palpite? Só se pedir!

Já reparou como normalmente começam as discussões, debates e tretas nas redes sociais? Se não reparou, vou te ajudar. Normalmente começam com palpites e opiniões que não foram pedidos. O sujeito vai lá, pensa em algo, escolhe uma foto, calcula as palavras e posta na sua rede social algo que lhe agrada. De repente, sem aviso ou permissão, aparecem opiniões contrárias. Pronto! Tá armado o circo.

Porém não para nas opiniões contrárias. Argumento vai, contra-argumento vem, começam as baixarias, as ofensas, terceiros começam a entrar no bate-boca e escolher um lado, mais piorando do que ajudando no sentido de pacificar. E isso acontece entre amigos, irmãos, parentes. Para além do ridículo, chega a ser inacreditável.

Veja, a rede social é da pessoa, embora pública, pertence a pessoa, portanto ela publica seus pensamentos e conceitos. Caso ela publique coisas ofensivas, abusivas ou criminosas, existem dispositivos legais para se reclamar e coibir tais situações. Ou seja, partir para atacar e agredir verbalmente nas redes sociais em nada ajudará. Afinal, opinião que não foi pedida se transforma em atrevimento mal-educado, pra dizer o mínimo.

Provérbios 26:17, antes de Cristo, antes do deslumbre das redes sociais, antes de tudo que chamamos de modernidade, já sacou como é prejudicial tal comportamento: “Dar opinião em problemas de outras pessoas sem que elas tenham pedido, é loucura; é como puxar as orelhas de um cachorro bravo.” Entendeu? Caso não tenha compreendido, procure um cachorro bravo e puxe as orelhas do mesmo, rapidinho você vai entender!

Outro dia ouvi uma pessoa dizer a outra: “Pizza eu peço, sua opinião não!” Portanto, não caia na loucura de se intrometer na vida dos outros. Óbvio, se você ver que alguns estão indo rumo a um buraco existencial, material, intelectual ou espiritual, ore intensamente que Deus fará o melhor. E, se o melhor for sua visão, portanto sua opinião, os envolvidos irão pedir seu conselho, opinião e palpite.

Essa é a parte legal de Provérbios 26:17, pois se não devo dar opinião sem que as pessoas peçam, significa que existirão muitas situações nas quais as pessoas irão pedir. Esteja assim preparado para ajudar quando for solicitado, pois Deus estará neste processo lhe dando palavras e orientações corretas, a fim de que as mesmas sejam bênçãos, nunca motivos de tropeço e divisão no corpo de Cristo.

Edmilson Ferreira Mendes é teólogo. Atua profissionalmente há mais de 20 anos na área de Propaganda e Marketing. Voluntariamente, exerce o pastorado há mais de dez anos. Além de conferencista e preletor em vários eventos, também é escritor, autor de quatro livros: ‘”Adolescência Virtual”, “Por que esta geração não acorda?”, “Caminhos” e “Aliança”.

* O conteúdo do texto acima é uma colaboração voluntária, de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Print Friendly, PDF & Email

0 responses on "Quer um palpite? Só se pedir!"

Leave a Message

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instituto Gamaliel © ITG . All rights reserved.

Setup Menus in Admin Panel

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
X
X