Vergonha! Dono de relojoaria que ajudou garoto engraxate é enquadrado pelo Ministério Público

by @prflavionunes

Fazer o bem é crime agora? Dono de relojoaria que ajudou garoto engraxate é enquadrado pelo Ministério Público

No início do mês de agosto, nas vésperas do Dia dos Pais, um vídeo de um garoto de apenas 10 anos, o qual trabalha como engraxate, comoveu o Brasil. Identificado como Mario, o pequeno foi registrado no momento em que entrou numa relojoaria para comprar um relógio para o pai.

O ato comoveu (e muito) o dono estabelecimento, o senhor Paulo Cézar da Silva, que ficou visivelmente tocado com a cena. O menino relatou que tinha demorado muito para ajuntar a quantia — cerca de 30 reais.

Em um gesto bastante singelo, o dono da relojoaria devolveu ao pequeno garoto a quantia em dinheiro e disse a ele algumas palavras de incentivo moral. “Continue trabalhando, que Deus tem projeto na sua vida, que Deus vai te fazer um grande homem e que o trabalho dignifica” — disse Paulo ao pequeno Mario. O caso aconteceu em Catalão, Goiás.

As imagens do momento viralizaram nas redes sociais, gerando uma onda de solidariedade para com a criança. O dono da relojoaria, por outro lado, foi amplamente elogiado pelo seu generoso gesto.

No entanto, há aqueles que parecem não ter ficado muito felizes com o ocorrido. De acordo com informações divulgadas pelo Blog do Badiinho, Paulo Cézar da Silva foi enquadrado judicialmente pelo Ministério Público de Luziânia-GO. Um dos motivos seria uma suposta apologia ao trabalho infantil.

Em um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) referente ao caso, divulgado pelo Badiinho, o comerciante foi proibido — entre outras coisas — de dar entrevistas falando sobre o assunto. E, em caso de descumprimento de alguma das cláusulas da TAC, pagará uma multa no valor de 10 mil reais.

É importante lembrar que após a divulgação das imagens do caso em questão, a vida da criança mudou. Ela acabou recebendo inúmeras doações, como eletrodomésticos e alimentos, assim como ajuda para os seus estudos.

Fonte: Blog do Badiinho

Termo de Ajustamento de Conduta:

Os grandes homens começam desde pequenos, já posso ver, uma linda história. Um cliente “uma criança” hoje, na RELOJOARIA do PC , chegou para comprar um relógio para seu pai, com o seu soado dinheiro , que segundo ele demorou dias para conseguir, em fim , eu que fui presenteado com esse lindo gesto , que também já vivi como a maioria das crianças da época. @pcrelojoaria

Posted by Paulo César Da Silva on Friday, August 7, 2020

Pr. Flávio Nunes

Postagens Relacionadas

Deixe uma resposta