Após criticar operação no Jacarezinho e falar que morreu “apenas um policial”, jornalista da CNN se defende

by @prflavionunes


A jornalista Daniela Lima, âncora da CNN Brasil, foi até as suas redes sociais para se retratar acerca de uma polêmica declaração que ela deu durante a apresentação de um programa na emissora.

No ensejo, a comunicadora criticou a operação realizada pela polícia no Jacarezinho, Zona Norte do Rio de Janeiro. Em seu perfil oficial no Twitter, a jornalista explicou que nunca quis minimizar a morte do policial.

Leia também: Alexandre Garcia sobre críticos da polícia na operação do Jacerezinho: ‘Estão apoiando bandido e contra a lei’

“Em nenhum momento quis minimizar a morte do policial. Rogo por um país em que a polícia não tenha que matar e muito menos que morrer. Que tenha condições de, com segurança, cumprir a lei. Prender quem deve ser preso. (…) O que tem que prender 21, deixa quase 30 mortos e prende seis, não pode ser considerada eficaz. Obviamente, estou questionando a tese de confronto, como também fez o STF. Eu, ao contrário de alguns, não queria ninguém morto”, escreveu ela.

Você pode se interessar:A ‘cobra fumou’ e, se necessário, fumará novamente”, afirma General Braga Netto e comandantes militares no dia da vitória

Veja o vídeo da polêmica declaração:



Source link

Postagens Relacionadas

Leave a Comment

Chat Aberto
Posso lhe ajudar?
%d blogueiros gostam disto: